相比运动锻炼胸肌,按摩会更加温和有效丰胸最快方法,每天给自己花上五分钟按摩胸部就可以了,但需要提醒女性朋友,按摩是要从两边向中间打圈按摩丰胸食物,最后在从下向上的进行按摩,重复几遍丰胸产品,需要注意手掌到脖子后不要再顺着原路回去,这样会导致美胸不成反而造成自己胸部下垂平胸怎么办
ODB Consultoria
(11) 4372-5907

Busca Avançada

O resutado deve conter:
exatamente a expressão que foi definida no campo acima em seu conteúdo
pelo menos uma das palavras que foram definidas no campo acima em seu conteúdo
cada uma das palavras que foram definidas no campo acima em seu conteúdo

Buscar em:
Notícias Conteúdo Vídeos Galerias de imagens Tudo

Notícias

03/12/2019

5 passos para desenvolver sua habilidade de comunicação

Se tem uma habilidade que serve em qualquer campo de atuação, é a de comunicação. Dominá-la é uma ferramenta poderosa para a carreira. Mas não se preocupe, é possível desenvolver sua expressividade; conversamos com uma especialista para saber como.

Embora algumas carreiras e profissões tenham uma relação direta com a habilidade de comunicação, ela é necessária para todo profissional em algum momento. Seja durante uma entrevista de emprego, o cotidiano no trabalho, ou quando é preciso realizar uma apresentação, nos momentos de networking… 

Falar bem nunca será uma habilidade desperdiçada. Mesmo porque, a forma com que se expressa é parte indispensável da comunicação interpessoal, a troca de informações entre duas ou mais pessoas que se dá por meio de sinais verbais ou não verbais.

Aliás, “falar bem” envolve dois campos: o do conteúdo e o da expressão, explica Márcia Falabella, professora de Comunicação e Expressão Oral da Universidade Federal de Juiz de Fora. Conteúdo, basicamente, é o que se fala. Aqui, o discurso é adaptado e organizado de acordo com o tema, tempo de fala e público.

A maior parte dos problemas está no quesito “expressão”. Ou como se fala. A boa notícia: tudo bem não nascer sabendo. “Da mesma forma com que aprendemos a falar, também podemos desenvolver essa expressividade”, diz Márcia, que também é atriz e diretora.

No que prestar atenção
Para analisar sua habilidade de comunicação, a sua capacidade de se expressar, existem alguns elementos-chave. A respiração, a voz, o olhar, a parte corporal – “desde os pés”, diz Márcia. Se ele balança, por exemplo, pode ser um sinal de nervosismo. O truque é controlar o nervosismo, ou não demonstrá-lo em sua linguagem corporal.

Márcia aponta, ainda, o ritmo e o volume da fala. Todos os quesitos devem se adequar às circunstâncias, no entanto, sempre procurando limitar sinais que possam ser tidos como negativos, como a ansiedade.

Outro ponto a se trabalhar é a naturalidade. Programar movimentos ou decorar o texto prejudicam esse ponto. A naturalidade é importante para mostrar o preparo (na medida certa) e, por vezes, até a credibilidade do locutor.

“São mínimos detalhes”, comenta Márcia. Porém, são detalhes que se tornam “ruídos na comunicação” quando mal utilizados. Claro, cada área tem sua especificidade, mas, no geral, isso é prejudicial para a comunicação. A mensagem precisa ser passada de forma clara e com o grau de informalidade adequado. O ideal é que o locutor mostre que sabe utilizar dos “meios expressivos” para se comunicar bem.

Dicas para desenvolver sua habilidade de comunicação

1. Identifique os “ruídos”
Para perceber os próprios problemas na comunicação, Márcia recomenda prestar atenção nos outros, quando falam. Principalmente nos que considera que falem bem ou mal. Para você, quais comportamentos os diferem?

2. Leia em voz alta
A especialista indica praticar leitura oral diariamente. Isso pode ser feito com trechos de livros, de jornais, revistas – o importante é lê-los em voz alta. Assim, “você acostuma com sua maneira de falar e vai ganhando fluência na fala”, diz ela.

3. Lembre que as palavras têm características
“Se você diz um coisa leve, ela é leve; se você diz uma coisa pesada, ela é pesada e isso está na sonoridade da palavra, na maneira com que falamos”. Nesse quesito, também preste atenção à adjetivos e pontuação expressiva. Uma pausa, por exemplo, pode ser utilizada para realçar algum ponto.

4. Pratique a naturalidade
Os movimentos ou a posição da mão afetam a naturalidade na hora de se expressar. A dica da especialista é esquecê-la. “Se você começa a programar como é que vai usá-la, a fala fica falsa”, explica.

Da mesma forma, quando é preciso decorar um texto, o ideal é treinar muito. Do contrário, você corre o risco de não só perder a naturalidade, como a empatia com o público.

5. Estruture em tópicos
“Eu costumo dizer que uma fala em público é igual a um trem – você entra nele e só sai no seu ponto final”, brinca Márcia. “Qual é o seu objetivo? Aonde você quer chegar? Esse trem para em várias estações”, completa.

Em vez de decorar, estruture sua fala em tópicos. Eles vão impedir que se preocupe exageradamente com o conteúdo e vão evitar que se perca no assunto. “É um mapa de viagem”, diz a professora de comunicação.

Fonte: https://www.napratica.org.br/desenvolver-habilidade-de-comunicacao/

Notícias Relacionadas